24 junho 2017

4 tendências para usar e abusar no inverno 2017

Na foto? A marabrilhosa Camila Coelho.
ALÔ, MIGAS! Turubom? Como vocês sabem, o famigerado inverno chegou essa semana no nosso Brasilzão pra felicidade de muitos e pra tristeza de outros (como eu que sou #TeamVerão), e por isso achei justo falar sobre algumas tendências que, além de lindas e em alta, ainda vão te deixar mega quentinha nessa estação, afinal, é isso que todas queremos, certo? Então antes de começar, eu só quero lembrar uma coisa: usem aquilo que realmente deixa vocês confortáveis e que vocês querem, de fato, usar. Dito isso, boooora lá?
Eu não sei como é no resto do Brasil, mas aqui no Sul é muito frio (esses dias mesmo tava 7 graus, socorro) então as Bomber Jackets vieram pra fazer a diferença. A jaqueta é inspirada nos modelos que os pilotos da Força Aérea usavam antigamente (lá na época da Primeira Guerra Mundial), mas claro, agora a peça apareceu toda repaginada e pra todos os gostos: tem de tudo quanto é cor, com aplicações ou sem, com estampa ou não, enfim... são diversos os estilos, então tem pra todo mundo!

Vocês já devem estar exaustas de ouvir falar em veludo, mas não adianta, a tendência veio pra ficar e não vai embora tão cedo. Como a maioria das tendências dos últimos anos, o veludo vem diretamente dos anos 90 e o melhor é que o tecido já tá bombando em mais de uma versão: tem a versão mais opaca, que é a que a gente tá mais acostumada a ver, e também a que chama mais atenção: o famoso veludo molhado. Ah, e além disso, o tecido também é super quentinho. Quem amamos?

Lembro muito bem de quando eu era criança e usava e abusava da gola alta no inverno e olha, continuei e continuo usando porque não sou do tipo que joga uma peça fora só porque ela tá fora de moda, até porque dinheiro não cai em árvore né migas haha. Enfim, as golas altas estão voltando pra proteger o nosso pescoço do frio sim senhora! Nem preciso falar que a peça é super prática, né? Além do mais, é bastante elegante em todas as versões (até nas mais coloridinhas que a gente usava quando era menor, a Camila Coelho tá aí pra provar!).
Tá certo, a gente usa botas no verão também, mas não dá pra negar que elas aparecem bem mais no inverno, né? Depois da moda dos sapatos metalizados, agora a versão branca tá fazendo o maior sucesso! Á princípio parece complicado de combinar, eu sei, mas depois de olhar várias inspirações você vai perceber que é só se jogar sem medo que funciona, juro haha.

E cabô! Não esqueçam de me contarem aí embaixo qual das tendências é a sua favorita, viu? Um beijão da Gabs ♡

VEJA MAIS:
Me acompanhe também nas redes sociais: 

19 junho 2017

Texto | Mulher, tu é incrível

Foto: Tiko Giorgadze
Ei mulher, hoje eu quero que tu saiba que tu é incrível. Aliás, não só hoje, mas todos os dias. Eu quero que tu entenda que tu é singular, sem igual, é única e especial. Eu quero te bombardear com elogios porque você deveria ouvi-los todos os dias e quero te relembrar de algumas coisas que deviam estar tão gravadas na tua mente quanto a letra da tua música favorita. 

Pois então, mulher, tu é incrível. E o teu corpo é o teu lar, então cuida bem dele, viu? Cuida de cada detalhe e se trate como uma princesa pelo simples motivo de que você merece. Eu quero te lembrar também que o teu corpo é só teu, e que ninguém possui o privilégio de toca-lo sem a tua permissão, pelo simples motivo de que não é não

Mulher, tu é incrível, e nem as tuas estrias, nem tuas marcas, muito menos o teu peso deviam te incomodar. A verdade é que nos fizeram acreditar que existe um ideal de corpo perfeito, quando o único ideal que deveríamos estar seguindo é aquele que nos diz que todas devemos ser felizes. Então seja magra ou seja gorda, se houver um sorriso no teu rosto, o resto que se exploda.

Mulher, tu é incrível, e devia entender que como você ama a si mesma é como você ensina todo mundo a te amar. Li essa frase em um livro muito bonito e ela fez tanto sentido que precisei incluir aqui. A verdade é que o amor próprio é sempre recíproco. A gente se ama e recebe um bocado de coisa em troca, como confiança, felicidade e luz que emana, que nos deixa diferentes e mais sorridentes, porque quando a gente se ama de verdade, a gente brilha e acaba com toda a ruindade.

Ô mulher, tu é incrível, e devia saber que o que os outros pensam de você, diz mais sobre eles, do que sobre a tua pessoa. Se fulano se incomoda com qualquer característica tua, pode ter 100% de certeza que quem tem algum problema é ele. Digo isso porque sei que gente feliz não se incomoda com a vida dos outros não, gente feliz não espalha ódio e gente feliz não tenta derrubar ninguém. Então se algum dia uma pessoa tentar te fazer mal, olha bem pra cara dela e mostra que o teu coração não tem espaço pra ódio. Apenas seja superior, reaja com amor. 

Mulher, tu é incrível, e é seu direito poder ser como você quiser, amar quem quiser e usar o que quiser. Seja mãe, seja filha, seja avó ou tia, seja do lar, da rua, do bar ou da lua. De qualquer jeito, você não precisa seguir a última moda e muito menos se adequar ao que a sociedade te impõe. Você não tem que ter 1000 seguidores no Instagram ou se pressionar pra estar em um relacionamento. Você não precisa se vestir de um jeito "Tumblr" ou usar o seu cabelo do jeito que a sociedade quer. O que você precisa, de fato, é lembrar que não é obrigada a nada, é saber que você é importante e que a sua presença sempre faz falta.

Hoje, eu só queria que tu acreditasse em todas essas palavras, porque mulher, tu é incrível, e devia ter total consciência disso, sem precisar ser lembrada.
VEJA MAIS:
Texto | Ei tu, vamos espalhar coisas boas?
Texto | Vamos falar sobre dias difíceis?
Me acompanhe também nas redes sociais: 

15 junho 2017

TAG | Minha vida em uma playlist aleatória

Foto: Jazmin Quaynor
Alô alô, mores! Tudo bem? Como vocês sabem, eu adoro tags, principalmente se elas envolvem música, por isso, logo que encontrei essa no Virei Planeta eu senti vontade de fazer. É uma tag longa, mas ela é realmente muito divertida. A moral é responder as 20 perguntas sobre a minha vida com base na minha playlist ligada no modo aleatório, ou seja, a música que cair vai ser a minha resposta, não importa se faz sentido ou não. Achou legal? Pois é, eu também. 
Regras? Temos!
1. Abra a sua lista de música (Ipod, Itunes, Windows Media Player, Spotify...);
2. Coloque no modo aleatório;
3. Aperte o play;
4. Para cada pergunta abaixo, escreva o nome da música que esteja tocando;
5. Quando passar para a próxima pergunta, aperte o botão para avançar para outra faixa;
6. Não minta e nem tente parecer legal.
1. Tema do seu nascimento: 
Look At Us Now - Lost Kings ft. Ally Brooke & A$AP Ferg 
Ih, já começamos mal. Look At Us Now fala sobre um relacionamento iô-iô, que a pessoa promete que não vai voltar pra outra e mesmo assim sempre acaba voltando, ou seja: nada a ver com um nascimento. Mas pelo menos fica a dica de música, né não? Pra quem não sabe, a Ally é uma das meninas do Fifth Harmony e esse é o primeiro projeto solo dela (mas calma, o grupo continua).

2. Primeiro dia na escola: 
2U -  David Guetta ft. Justin Bieber
Sem noção 2 X 0 Spotify. Mais uma que não podia ser mais aleatória. 2U também fala sobre um grande amor, o que, convenhamos, não tem muito a ver com o que eu sentia por ter que estudar pra várias provas HAHA.

3. Tema do seu primeiro amor: 
I Won't Give Up - Jason Mraz 
E finalmente o Spotify marca o seu primeiro ponto! Acho que essa música tem tudo a ver com essa categoria sim, afinal a letra é só amor, ó:
"Eu não vou desistir de nós. Mesmo que os céus fiquem furiosos, estou te dando todo meu amor"

4. Tema da sua primeira decepção amorosa: 
Bad - Michael Jackson
Um clássico desses, bicho! A letra realmente não tem nada a ver, ela tá mais pra uma briga, mas o nome da música até que combina, afinal, se teve uma coisa que as decepções já me renderam foram vários momentos de bad HAHA.

5. Tema da sua vida escolar: 
New York's Best Kept Secret - Ashley Tisdale 
Ok, essa tem um pouco a ver, sim. Talvez muitos de vocês não conheçam essa música porque ela toca no filme As Fabulosas Aventuras de Sharpay (não me julguem, galera HAHA) e a letra fala sobre com a Sharpay sabe que é incrível, mas as outras pessoas não enxergam isso, por isso ela é "o melhor segredo guardado de Nova York". No caso, essa música não combina com toda a minha vida escolar, mas sim com alguns momentos dela porque eu já me privei muito de dar minha opinião, mostrar quem eu era e coisas parecidas, pra vocês terem noção, até o blog eu escondia nessa época (maldita timidez), então sim, acredito que eu também era um segredinho guardado, assim como a Sharpay.
"Por que eu deixo os outros liderarem o caminho quando o tempo todo eu sei o que é, o que eu quero dizer?"

6. Tema da sua primeira briga:
Borderline - Tove Styrke 
Não lembro qual foi minha primeira briga, mas sei que sou péssima pra brigar. Sempre que brigo com alguém acabo me arrependendo 10 segundos depois, e por isso, acho que o refrão tem tudo a ver, afinal, logo depois que eu sou ruim com alguém, eu quero voltar atrás e ser boa, tudo questão dos meus limites.
"Estou na fronteira feliz e estou na fronteira triste. Sou limitadamente boa e limitadamente ruim."

7. Tema do seu primeiro porre:
Strangers - Halsey ft. Lauren Jauregui
Eu ainda não tinha parado pra pensar, mas essa música é ótima pra ouvir nos dias de porre HAHA. Infelizmente, ela não tem nada a ver com meu primeiro porre e nem com nenhum outro, mas pode ter a ver com algum futuro se algum dia o motivo dele for uma pessoa. Quem sabe?

8. Tema atual da sua vida: 
Don't Play - Halsey
AÊ SPOTIFY, ACERTOU! Esse hino é do novo álbum da Halsey e tem tudo a ver com meu momento porque ela é bem do tipo "tô indo atrás dos meus objetivos e ninguém vai me parar, nem tenta" e é bem nessa vibe que eu tô agora. 
"Estou seguindo em frente, estou sendo paga, estou sozinha, eu tinha que continuar. [...] Nem mesmo tente, não foda com minha vibe. Dose dupla no meu passeio, filho da puta, não brinque comigo."

9. Sua canção de namorados: 
Voodoo Doll - 5 Seconds Of Summer 
Amo essa música, mas ela fala sobre um relacionamento no qual você é tão controlado que se sente como um boneco de voodoo e Deus me livre um relacionamento assim, né mores.

10. Primeira traição: 
The Cure - Lady Gaga
Bom... se não for eu a traída, talvez até se encaixe, porque eu posso querer ser "a cura" da pessoa, né? Não? Tá bom.
"Se eu não puder encontrar a cura, vou consertar você com o meu amor"

11. Música do seu casamento: 
I Don't Dance - High School Musical
Vocês que me perdoem, mas eu NUNCA vou superar High School Musical, amo muito. Não acho que vá tocar HSM no meu casamento não, a não ser que eu case com alguém que também ama os filmes e a gente peça pro DJ hahaha.

12. Trilha sonora da sua primeira vez: 
Seus Detalhes - Fly
Ok. Não vou com a cara dos meninos da banda Fly por umas polêmicas aí, mas admito que essa música é super fofinha e romântica, então se encaixa perfeitamente nesse momento.
"Lembro dos dias e das noites sem dormir, das incertezas com a roupa pra sair, seu jeito fácil de ganhar meu coração e daquela canção..."

13. Trilha sonora para as demais vezes: 
Não Vá Embora - Ana Muller
Mais uma que faz sentido, sim! Afinal, quando a gente tá apaixonadinha a última coisa que a gente quer é que a pessoa vá embora, certo?
"Sinto que o céu padece e chora a chuva pra regar todo o amor que eu sinto que hoje vou lhe entregar"

14. Primeira canção em seu carro:
Dog Days Are Over - Florence + The Machine
Não sei se essa vai ser a primeira canção que eu vou ouvir no meu futuro carro, mas ela é 100% o estilo de música que eu quero ouvir enquanto dirijo. Eu amo cantar Dog Days Are Over bem alto e acho que tem tudo a ver com o momento.
"Os dias de cão terminaram. Você pode ouvir os cavalos? Porque aí vêm eles"

15. Primeira viagem de carro:
I Love Rock 'N' Roll - Britney Spears 
Aleatório, cê tá demais hoje! Eu adoraria viajar enquanto canto essa música bem alto, e seria melhor ainda se fosse uma viagem com os amigos e todos estivessem cantando o refrão junto! (E sim, eu sei que é um cover, mas é a minha versão fav)
"Eu amo rock and roll, então bote outra moeda na máquina de música, baby"

16. Tema dos teus flashbacks:
Firework - Katy Perry
Essa música... ela acaba com o meu psicológico. Acho que, de certa forma, teria a ver com o meu flashback, porque Firework fala sobre superação e também nos lembra de como a gente tem que se amar, coisas que eu aprendi na marra durante esses meus 19 aninhos (e essa música me ajudou bastante com isso).
"Você é original, não pode ser substituído. Se você soubesse o que o futuro guarda... Depois de um furacão, vem um arco-íris."

17. Tema de nascimento do seu primeiro filho: 
Flashlight - Hailee Steinfeld (cover)
Nossa, deu super certinho! Eu sempre pensei em um casal como tema dessa música, mas pelo que ouço falar sobre ser mãe, é literalmente como se o teu filho iluminasse a tua vida e, por isso, Flashlight pode ser facilmente adaptada pra uma relação materna.
"Eu tenho tudo o que preciso quando eu tenho você e eu, olho ao meu redor, e vejo uma doce vida. Eu estou presa no escuro, mas você é minha lanterna."

18. Música que estará ouvindo quando morrer: 
Menos é Mais - Sinara
Que vacilo, seria perfeito se caísse If I Die Young aqui, mas é aquele ditado... Enfim, amo muito essa música, mas não tem nada a ver com uma morte. No entanto, se eu estiver ouvindo essa música nesse momento, tenho certeza que vou estar super em paz porque é exatamente essa sensação que Menos é Mais me transmite.

19. Música do funeral: 
OMG - Little Mix
Gente, se tocar essa música no meu funeral, ele vai virar uma balada HAHAHAHA. Outro vacilo do aleatório, sendo que existe a música Funeral do Lukas Graham nas minhas músicas salvas. Poxa, Spotify!

20. Música que cantará para todos onde estiver: 
Tome Curtindo - Lia Clark ft. Pabllo Vittar
Gente, não! Eu amo Tome Curtindo, mas essa música tem uma letra meio pesadinha do tipo "chegando na boate eu esqueci minha calcinha... eu vou te sarrar de lado e acabar com a sua (melhor não falar)" HAHAHAHA, então não, migas, essa música eu tomo cuidado até pra ouvir com as pessoas certas, imagina cantar.

E os indicados?
Como sempre, vou deixar essa com vocês. Quem se sentir a vontade e quiser responder, pode responder, só não esquece de deixar o link aí embaixo pra eu ver as suas respostas também. :) 
Post enorme, mas calma que já cabô, só não esquece de me contar quais músicas foram as suas favoritas!
VEJA MAIS:
Me acompanhe também nas redes sociais: 

11 junho 2017

#SobreSéries: 6 motivos para assistir Empire

A louca das séries tá de volta, minha gente! O meu vício da vez é Empire, programa que bateu recorde de audiência nos Estados Unidos e se você curte música e séries com conflitos, disputa de poder e reviravoltas, pode se preparar pra se render a Empire também.
***
Na série, o foco é a família Lyon. Lucious Lyon, interpretado pelo Terrence Howard, é dono de uma grande gravadora de muitos sucessos, e quando descobre estar sofrendo com uma grave doença, ele decide escolher um de seus três filhos - Andre (Trai Byers), Jamal (Jussie Smollett) ou Hakeem (Bryshere Y. Gray) - pra tomar conta do seu império (inclusive podem esperar muita treta entre eles, viu). Enquanto isso, Cookie (Taraji P. Henson), a ex-esposa de Lucious, é liberada da cadeia após 17 anos e está 100% disposta a recuperar a parte da Empire que devia ser dela. Ao longo da série vamos descobrindo mais sobre o passado sombrio dos personagens e percebendo como a indústria musical é suja, ao mesmo tempo que nos apaixonamos sem perceber por essa família problemática.
Como sempre, separei alguns motivos pra vocês darem uma chance a Empire e espero que convença alguém. Bora?
O cast bem lindo.
1. O elenco é incrível 
Pra começar temos a maravilhosa Taraji P. Henson interpretando a Cookie. A atriz já foi indicada ao Oscar e é uma das protagonistas do (também indicado ao Oscar) Estrelas Além do Tempo, e em 2016, ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz em série dramática por Empire. Já Terrence Howard, que interpreta Lucious, também foi indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro e tem vários filmes no currículo. Os atores que interpretam os filhos não são tão conhecidos, mas dão um show na atuação e nos vocais. Fora eles, os personagens secundários também arrasam, pra vocês terem uma noção, a Gabourey Sidibie (protagonista do filme Preciosa, sabe?) faz parte do elenco também.

2. Muito drama, com uma pitada de humor
Empire é um prato cheio pra quem realmente gosta de drama. A série é cheia de tretas familiares, conflitos dentro da própria gravadora, reviravoltas e surpresas. É como eu li por aí: Empire é quase uma novela das 9, haha. Mas pra não ficar tudo muito pesado, a presença da Cookie nos faz rir e muito durante os episódios, sério. É um balanço perfeito entre o drama e uma pitadinha necessária de comédia.


3. A trilha Sonora
Empire é uma gravadora, o Lucious é um ex-rapper, a Cookie é produtora e dois filhos do casal também têm talento pra música, então é claro que não iam nos decepcionar na trilha sonora, certo? Quase todos os episódios contam com música, e o diferencial é que a maioria é inédita e própria da série. Além disso, Empire tem até canal no youtube e conta no Spotify pra gente curtir as músicas por lá. Agora posso ser bem sincera? Se Empire fosse real daria de 10 a 0 em muitas gravadoras por aí. A música que eu escolhi pro post é bem emocionante porque fala de como o Jamal - o filho do meio, que é homossexual - queria ser aceito pelo pai.

4. Representatividade
E por falar da orientação sexual do Jamal, bora falar sobre representatividade? Além de ter um personagem gay como protagonista, Empire, como vocês podem ver pelas fotos, conta com um elenco majoritariamente negro e, galera, vocês têm noção de como é difícil encontrar uma série/filme em que os personagens negros são os principais? Pois então, é bastante difícil e Empire merece parabéns por dar oportunidade pra esses atores maravilhosos brilharem. E apesar de não serem o principal foco, Empire também discute assuntos como homofobia e racismo.

Cookie: a dona do meu coração.
5. A dona da série todinha: Cookie
Cookie Lyon. Guardem esse nome porque essa mulher é nada mais nada menos do que a rainha de Empire. Como eu já disse, a Cookie é a encarregada de trazer humor pra série, mas ela também faz muito mais que isso. Ela é uma mulher independente que não leva desaforo pra casa, faz de tudo pra proteger os seus filhos e também é a única que encara o Lucious Lyon sem um pingo de medo. Sem contar que os looks da Cookie são fantásticos, eu fico babando por todos!

6. MUITAS participações especiais
Empire é queridinha das celebridades e eu posso provar. Ao longo das 3 temporadas já teve participações de Naomi Campbell (durante vários episódios!), da Raven-Symoné (de As Visões da Raven), do Snoop Dogg, da Courtney Love, Kelly Rowland, Jennifer Hudson, Rita Ora, Becky GAlicia Keys, Demi Moore, do Jason Derulo, Ne-Yo, Chris Rock, Pitbull e muitos outros, sério. Já dá pra confirmar que Empire é queridinha mesmo ou cês ainda querem que eu cite mais artistas? hahaha
Já falei demais, né? Eu espero ter plantado, pelo menos, uma sementinha de curiosidade em vocês, e pra quem ficou interessado, a série passa na FOX1 (canal do pacote da FOX) e também no FOX Play. E se você não tem esses canais, vale a pena assistir online por aqueles sites que são nossos amiguinhos e disponibilizam os episódios legendados haha.

VEJA MAIS:
Me acompanhe também nas redes sociais: